Pelo sexto ano consecutivo o público de Braga volta a ter a oportunidade de partilhar da visão integrante de Helena Vieira, professora na Universidade do Minho, através do Ciclo “Música no Claustro” a decorrer todos os sábados do mês de Julho, no Auditório Vita.

O programa deste ciclo está repleto de intérpretes consagrados da música antiga, centrando-se no repertório da época, com poucas excepções. Entre diversos agrupamentos, instrumentistas, cantores e maestros participaram nas edições anteriores o Ludovice Ensemble, Ensemble Noa Noa, Magna Ferreira, Ângela Alves, Marco Pereira, Gerardo Ribeiro, Jorge Alves, Borges Coelho e Jonathan Ayerst.

Este ano o ciclo abriu com o Ensemble Sete Lágrimas e a Missa de Pentecostes de João Madureira a 4 de Julho, e será continuado pelo Borealis Ensemble, o Ensemble The Spirit os Musicke e, no último sábado, o Ensemble de Trompas Lusas.

Apesar de este ano os concertos serem realizados na capela, dado as actuais actividades de reconstrução do claustro, a estrutura do programa e do próprio ciclo é cuidadosamente integrada no espaço em que é apresentado, o qual é visto pela direcção artística como elemento metafórico na dignificação do repertório em questão. Os concertos são planeados não só com objectivos de exploração instrumental, histórica ou estilística, mas também espiritual:

É necessário participar neste diálogo, nas encruzilhadas em que o ruído dá lugar ao silêncio, a velocidade dá lugar à lentidão, o sacro contagia o secular, as vozes humanas dialogam com os instrumentos, o passado e a música do passado comunica com a contemporaneidade e os sentimentos e os sentidos da humanidade hoje.

Os bilhetes estão à venda na portaria do Seminário Nossa Senhora da Conceição ou por reserva para o número 253 202 820.

Sobre o autor

Joana Rocha

Iniciou a Licenciatura em Música (Violoncelo) no Conservatorium van Amsterdam, concluída em 2011 na Universidade do Minho na classe de Pavel Gomziakov. Fez parte da Orquestra FOE – Capital Europeia da Cultura e Orquestra da Universidade do Minho, trabalhando com maestros como Joana Carneiro, Pedro Neves, Emílio de César e Francesco Belli, e acompanhando solistas de renome como Guy Braunstein, Victoria Mullova, Wim Mertens, Natalie Klein e Nelson Freire. Actuou em diversas óperas, tanto em cena como na orquestra, e participou nas gravações de 'Espelho Mágico' de Manoel de Oliveira. Leccionou uma 'masterclass' na Academia de Música de Vila Verde em 2012. Recebeu o prémio 'Jovem Escritor' da VII edição do Concurso Literário Matilde Rosa Araújo na categoria Conto Infantil. É professora de Violoncelo na Escola Profissional e Artística de Espinho (assistente do professor convidado Romain Garioud).

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.