Está aberta a chamada de artigos para o Colóquio Internacional ‘The Serenata and the Festa Teatrale in 18th Century Europe’, a realizar nos dias 26 e 27 de Junho de 2015, no Palácio Nacional de Queluz, Portugal.
 
Através deste colóquio pretendem-se diferentes abordagens que tenham em consideração os múltiplos aspectos destes géneros e que envolvam os contextos de celebração e escolha de temas, as estruturas musicais e textuais, as formas dramatúrgicas, os agrupamentos vocais e instrumentais, assim como as preocupações cénicas e performativas, fomentando-se o diálogo sobre a produção e circulação dos principais géneros musicais praticados no Palácio de Queluz ao longo do século XVIII.
 
O encontro é organizado pelo Centro de Estudos Musicais Setecentistas de Portugal (Divino Sospiro), tendo como comité científico Manuel Carlos de Brito (Portugal), Paologiovanni Maione (Itália), Annarita Colturato (Itália), Cristina Fernandes (Portugal) e Iskrena Yordanova (Bulgária), e como oradores principais Andrea Sommer-Mathis (Áustria) e Annarita Colturato (Itália).
 
As propostas deverão ser submetidas em formato *.doc até ao dia 31 de Março de 2015, juntamente com o nome do autor, contactos, filiação institucional, um resumo de aproximadamente 300 palavras e uma pequena biografia, de cerca de 150 palavras. As comunicações individuais não devem exceder os vinte minutos, enquanto os painéis temáticos, de três ou quatro oradores, deverão respeitar a duração máxima de uma hora e trinta minutos. As propostas serão debatidas até ao dia 10 de Abril de 2015 e a decisão final do comité científico será imediatamente comunicada aos oradores.
 
Para mais informações e para o envio de propostas contacte cemsp@sapo.pt ou visite o blogue oficial.

Sobre o autor

Isabel Pina

Isabel Pina é doutoranda e bolseira de doutoramento em Ciências Musicais Históricas na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, interessando-se principalmente pelo estudo da história da música em Portugal nos séculos XIX e XX, música e ideologia, nacionalismo, análise e semiótica musical, e imprensa e crítica musical. Concluiu o mestrado em Ciências Musicais tendo apresentado a dissertação “Neoclassicismo, nacionalismo e latinidade em Luís de Freitas Branco, entre as décadas de 1910 e 1930”. É actualmente voluntária na Biblioteca Nacional de Portugal, tendo estagiado no Museu da Música. Enquanto colaboradora do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (CESEM), é membro do Grupo de Teoria Crítica e Comunicação, do SociMus (Grupo de Estudos Avançados em Sociologia da Música), e co-fundadora do Núcleo de Estudos em Música da Imprensa.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.