O Concurso Nano Músicos Electroacústicos é um concurso de composição e interpretação direccionado para a prática da música electroacústica, destinado a alunos que frequentem o Ensino Artístico Especializado da Música em qualquer instituição de ensino de música reconhecida e autorizada pelo Ministério da Educação em Portugal. É um concurso promovido pelo Festival Dias de Música Electroacústica que, desde 2003, se assume com itinerante, realizando em média seis festivais por ano, quer em Portugal, quer no estrangeiro (Brasil, Bélgica, Espanha, Filipinas, entre outros países).

Na edição Nano Músicos 2014 os candidatos foram convidados a interpretar uma obra da sua autoria para um instrumento acústico e electrónica em suporte fixo, até quatro canais. Os quatro finalistas puderam apresentar as suas obras no DME #20, no final do passado mês de Dezembro, em Seia. No grupo dos seleccionados encontra-se Mariana Vieira (aluna da Escola de Música Nossa Senhora do Cabo, Linda-a-Velha) Diogo Baptista (aluno de Composição também desta escola), e Olívia Silva e Alexandra Lapa, ambas alunas da Academia Costa Cabral, Porto. Um júri internacional, composto pelos compositores Mario Mary e João Pedro Oliveira, deliberou que os dois vencedores que iriam marcar presença no Monaco Electroacoustique 2015  prémio para os dois primeiros classificados do Concurso Nano Músicos  seriam Mariana Vieira e Diogo Baptista, respectivamente 1.º e 2.º prémios.

Por indisponibilidade do segundo classificado, Mariana Vieira (peça para saxofone e electrónica) e Olívia Silva (peça para flauta e electrónica) marcarão presença neste que é um dos mais importantes encontros internacionais dedicados à música electroacústica. Entre 28 e 30 de Maio reunir-se-ão na Académie Rainier III dezoito compositores  professores do Conservatório de Paris, Universidade de Montreal, Universidade de São Paulo, Universidade de Gotemburgo, entre outras instituições  tal como Flo Menezes, Robert Normandeau, François Bayle, Rodrigo Sigal, Åke Parmerud, Mario Mary e os portugueses Jaime Reis e João Pedro Oliveira.

Antes deste importante acontecimento as duas jovens compositoras deslocaram-se no passado fim-de-semana  dia 17 de Maio  a Vila do Conde, onde interpretaram as suas peças num concerto inserido nos Encontros Nova Música, organizado pelo compositor Eduardo Luís Patriarca. Este concerto contou com obras de Eduardo Luís Patriarca, Jorge Peixinho, João Pedro Oliveira e com a importante estreia mundial de Ethnon  canto do paraíso, do compositor Cândido Lima. As jovens irão terão a oportunidade de partilhar o palco com a Solista do Ensemble DME  Collegium Musicum Electroacústico, a pianista Ana Telles.

Mais informações sobre o concurso promovido pelo Festival Dias de Música Electroacústica aqui.

Programação completa do Monaco Electroacoustique 2015 aqui.

Sobre o autor

Sofia Teixeira

Sofia Ferreira Teixeira nasceu em 1993 em Torres Novas, Santarém, onde estudou no Conservatório de Música Choral Phydellius, concluindo em 2011 o Curso de Saxofone. É licenciada em Ciências Musicais pela FCSH-UNL e actualmente frequenta o Mestrado em Ensino da Música — Ramo de Formação Musical na ESMAE, Porto. É bolseira do CIPEM — INET-md, onde colabora com o projecto Orelhudo, do Serviço Educativo da Casa da Música. Profissionalmente, é produtora do Festival Dias de Música Electroacústica, dirigido por Jaime Reis, lecciona Formação e Educação Musical no Conservatório de Cascais e trabalha com coros, quer como maestrina assistente, quer como coralista.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.