A EMSCAN – Electroacoustic Music and Sound Courses Alumni Network, com o apoio da associação CulturXis e do espaço Lisboa Incomum, promove no final deste ano a primeira edição de uma competição internacional dedicada à interpretação de música contemporânea. A primeira edição é dedicada à música do compositor Jaime Reis – magister dos alumni da rede promotora e fundador do Lisboa Incomum.

A competição visa promover quer a criação contemporânea como o desenvolvimento artístico de intérpretes emergentes, de qualquer nacionalidade. Divide-se em duas categorias: Profissional – onde os pianistas se apresentarão a concurso com a obra Lysozyme Synthesis – e Juvenil – destinada a jovens pianistas até aos 12 anos, que se mostrarão num excerto para piano e electrónica do V Interlúdio do teatro musical para público jovem Bartolomeu, o voador. Entre as duas categorias, serão distribuídos pelo júri – anunciado publicamente apenas no dia da competição – três prémios: dois contemplando a primeira categoria, nos valores de 500 e 200€ (acrescidos da oferta de livros, CDs e partituras), e um (composto por estas ofertas) atribuído a quem melhor se distinguir entre os Juvenis.

São recebidas inscrições até 9 de Novembro de 2018. Aos candidatos pede-se o pagamento de uma taxa de inscrição obrigatória de 20 € (para a categoria Profissional) ou 10 € (para a categoria Juvenil). Os candidatos seleccionados nas pré-eliminatórias serão anunciados até ao dia 12 de Novembro. Os finalistas participarão no concurso no espaço Lisboa Incomum, a decorrer dia 2 de Dezembro de 2018, em mostras abertas ao público em geral.

Domingo, 2 de Dezembro de 2018

Lisboa Incomum

R. Gen. Leman 20A, 1600-102 Lisboa

 

Juvenil entre as 10h00 e as 13h00

Profissional entre as 15h00 e as 19h00

 

A EMSCAN – Electroacoustic Music and Sound Courses Alumni Network foi fundada em 2010 como plataforma de contacto, reunião e intercâmbio entre os intervenientes e alunos na Escola de Verão FCSH-UNL, Conservatórios, estabelecimentos de ensino superior e outras instituições cujas actividades tenham decorrido sob a orientação de Jaime Reis. O compositor e professor é também o fundador do espaço Lisboa Incomum, dedicado à música contemporânea e experimental, funcionando como plataforma transdisciplinar para a investigação, a promoção de eventos e a educação e difusão, acolhendo regularmente o Festival DME – Dias de Música Electroacústica, e servindo como importante ponto de passagem nos circuitos de circulação internacional.

A Associação CulturXis, parceira do concurso, surgiu da dinâmica do associativismo jovem presente na Região Centro e é hoje uma promotora dedicada às várias práticas artísticas, com especial enfoque nas vertentes de desenvolvimento local e divulgação de jovens artistas.


O regulamento completo e o formulário de inscrição podem ser consultados no site da EMSCAN.

Sobre o autor

Avatar photo

Luís Salgueiro é licenciado em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa. Para além da sua actividade criativa, dedica também a sua energia à preparação de partituras e musicografia, primeiro como 'freelancer' e actualmente como coordenador das actividades editoriais do MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.