A Academia Brasileira de Música acaba de divulgar uma informação da Direcção da Associação Camargo Guarnieri que dá conta do encerramento próximo da instituição, motivado por um conjunto de dificuldades sentido desde 2013.

A Associação Camargo Guarnieri foi fundada em 2004, inicialmente por uma ligação estreita à Orquestra Sinfónica da Universidade de São Paulo, cujo primeiro Director Artístico e Maestro foi precisamente Camargo Guarnieri (1907-1993). A partir de 2011, a associação foi responsável pela realização do Festival de Composição Camargo Guarnieri, tendo levado a cabo também um projecto de recuperação e musealização da casa onde nasceu aquele importante compositor brasileiro. Desde a fundação da associação, o lugar de Presidente Honorária é ocupado pela viúva do compositor, Vera Silvia Camargo Guarnieri.

Informa ainda o comunicado da Direcção da associação que os problemas que tem vindo a atravessar a obrigaram a cessar completamente as actividades a partir de 2013 e que “após muitas reflexões chegámos à conclusão que, lamentavelmente, a única solução será encerrar a entidade. O agravamento atual da condição econômica do país, com óbvias consequências na área cultural, valida nossa decisão.” O fim da associação deverá ocorrer em Setembro deste ano.

Poderá obter mais informações sobre a situação actual da ACG consultando esta ligação. Para contactar a Associação Camargo Guarnieri, poderá utilizar este endereço de correio electrónico.

Sobre o autor

Avatar photo

Estudou cravo, órgão e música antiga em Lisboa, exercendo intensa actividade, quer a solo, quer com agrupamentos de música antiga e orquestras. Licenciou-se na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde estudou Filologia Clássica e em cujo Centro de Estudos Clássicos é investigador. Prepara actualmente a primeira tradução portuguesa das Cartas de Plínio. Integra a Direcção da revista 'Glosas'.