Com uma proposta de valorização da população local, Mátria é uma ópera produzida com as “gentes de Trás-os-Montes” para contar e mostrar que o género também diz respeito às histórias das pessoas simples, dentro desta mesma perspectiva: aproximar as pessoas da ópera, sendo possível acompanhar a preparação da produção pelas redes sociais, nomeadamente o Facebook e o Instagram.

A ópera é baseada na obra de Miguel Torga, natural de Vila Real, em especial nos ContosNovos contos da montanha. É de salientar que se trata da primeira vez, em Portugal, que está a ser criada uma ópera baseada na obra do autor. Mas Mátria – Aqui na Terra é uma criação original, com libreto de Eduarda Freitas, e tem como maior virtude a participação da comunidade através da criação de um coro e de uma orquestra formados por elementos da Banda Sinfónica Transmontana e da Douro Strings Academy.

Com espectáculos agendados para os próximos dias 17, 18 e 19 de Dezembro, no Teatro de Vila Real, e 20 de Fevereiro no Teatro Municipal de Bragança, a produção está inserida nas comemorações do vigésimo aniversário da elevação da região do Douro como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, organizado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), e tem entrada gratuita.

Para mais informações visite https://matria.inquieta.pt/ .



Ficha artística

Mátria – Aqui na Terra, com libreto de Eduarda Freitas

Música: Fernando C. Lapa || Encenação: Angel Fragua || Direcção Musical: Jan Wierzba || Cantores: Ana dos Santos, Coro da Comunidade, Job Tomé, Madalena Tomé, Mário João Alves, Moços do Coro, Paulo Lapa, Regina Freire, Tiago Matos || Músicos: Douro Strings Academy, Luís Duarte (pianista correpetidor), Orquestra Sinfónica de Trás-os-Montes || Figurinos: Cláudia Ribeiro || Promotora: Inquieta – Agência Criativa || Parceiros: Antena 2, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Conservatório Regional de Música de Vila Real, Direcção-geral das Artes, Fundação Casa de Mateus, Junta de Freguesia de Vila Real, Município de Bragança, Município de Vila Real, Quinta de Ventozelo, Régia Douro Park, Teatro de Vila Real, Teatro Municipal de Bragança || Com o Alto Patrocínio de Sua Excelência, o Presidente da República.

Sobre o autor

Avatar photo

Diplomada pela Universidade de São Paulo, onde se licenciou em História, concluindo o mestrado e o doutoramento em Arqueologia e integrando o LARP, Laboratório de Arqueologia Romana Provincial, enquanto Supervisora de Programas e Pesquisas. Foi docente de História da Arte em diversas instituições universitárias e no MASP, Museu de Arte de São Paulo. Realizou o estágio doutoral no Collège de France, Paris, especializando-se depois em Gestão Cultural no SENAC, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, e concluindo o mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura — Património no ISCTE, Lisboa, tendo neste âmbito sido distinguida com um Prémio de Excelência Académica.