A juntar à programação regular que o Museu da Música tem vindo a oferecer nos últimos anos, estreiam-se agora dois novos ciclos de concertos: “À tarde no museu” em Janeiro e “Filmes mudos musicados” em Fevereiro.

“À tarde no museu” nasceu por iniciativa da Ana Paula Russo que projectou este ciclo em parceria com a Associação de Amigos do Museu da Música, e tem a primeira sessão já no próximo dia 29 de Janeiro. O ciclo prolonga-se até Julho de 2015, sempre com um recital de canto na última quinta-feira de cada mês, às 18h30. Cada recital tem um título sugestivo dos temas e ambientes que serão interpretados e explorados. Assim, nesta primeira sessão, Ariana Moutinho Russo (soprano) e Tiago Oliveira (piano), sob o signo “Do amor e da cozinha”, irão interpertar La bonne cuisine: four recipes for voice and piano de Leonard Bernstein e Cuatro madrigales amatorios de Joaquín Rodrigo, assim como algumas peças para voz e piano de José Vianna da Motta, Fernando Lopes-Graça e Francis Poulenc. “O corpo é como um rio”, a 30 de Abril, por Pedro Cachado e José Brandão, “A voz envolta em guitarra”, a 28 de Maio, por Ana Paula Russo e Carlos Gutkin ou “O amor antigo e moderno”, a 26 de Junho, por Paula Pires de Matos e Flávia Castro, são algumas sugestões de outros concertos programados para este ciclo.

Em Fevereiro, e ao longo de mais cinco sessões, Charlie Mancini, nome artístico do músico e performer Pedro Pereira, leva cinema mudo ao Museu da Música. Na primeira sessão, a 18 de Fevereiro, poder-se-á assistir a The goat, de Buster Keaton (1921) e The immigrant, de Charlie Chaplin (1917). Estas curtas-metragens, bem como as restantes do ciclo, serão acompanhadas musicalmente por Charlie Mancini em piano, sintetizador e guitarra, recuperando a forma de como estes filmes eram vistos na época em que foram produzidos, com os músicos tocando enquanto a película era projectada. A iniciativa não é inédita, mas estas sessões prometem finais de tarde cheios de animação e são uma oportunidade para (re)descobrir o cinema de Keaton, Chaplin, Méliès e outros. Estão já programados Felix the cat (1919), Alice in wonderland (1903) e La voyage dans la lune (1902) a 18 de Março e curtas-metragens de Chaplin a 15 de Abril.

Encontra-se mais informação sobre estes dois ciclos e sobre a restante programação do Museu da Música em www.museudamusica.pt e também na página do museu no Facebook.

Sobre o autor

Mariana Calado

Mariana Calado encontra-se a realizar o Doutoramento em Ciências Musicais Históricas focando o projecto de investigação no estudo de aspectos dos discursos e das sociabilidades que caracterizam a crítica musical da imprensa periódica de Lisboa entre os finais da I República e o estabelecimento do Estado Novo (1919-1945). Terminou o Mestrado em Musicologia na FCSH/NOVA em 2011 com a apresentação da dissertação "Francine Benoît e a cultura musical em Portugal: estudo das críticas e crónicas publicadas entre 1920's e 1950". É membro do SociMus – Grupo de Estudos Avançados em Sociologia da Música, NEGEM – Núcleo de Estudos em Género e Música e do NEMI – Núcleo de Estudos em Música na Imprensa, do CESEM. É bolseira de Doutoramento da FCT.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.