No próximo dia 17 de Setembro, pelas 21h30, o Cine-Teatro Louletano (em Loulé) será palco para um concerto recheado de áreas de ópera protagonizado pela soprano finlandesa Olga Heikkilä e pela pianista inglesa Irene Ainstein. Esta será “Uma noite de Ópera Italiana” onde se irá ouvir uma selecção de árias de Bellini, Rossini, Boito, Catalani e Puccini.

Cada ária será precedida de uma introdução prévia a cargo da investigadora Maria João Neves (CESEM) que irá conduzir os ouvintes numa “viagem no tempo” e imbuí-los do espírito das diferentes épocas e espaços de cada ópera.

Olga Heikkilä é uma soprano finlandesa com carreira internacional. Colaborou recentemente com as óperas estatais de Estugarda e Berlim (Alemanha), com o Teatro La Monnaie, em Bruxelas (Bélgica) e com a Danish Royal Opera (Dinamarca). Actua regularmente com as melhores orquestras e agrupamentos europeus, sendo reconhecida pelas suas interpretações operáticas marcadas pela qualidade na interpretação vocal, abrangência de repertório, expressividade, carisma em palco e musicalidade, atributos que o público português poderá apreciar neste concerto. Premiada diversas vezes na Dinamarca e Finlândia pelo seu trabalho artístico, Olga Heikkilä recebeu o prémio especial na prestigiada International Vocal Competition ‘s-Hertogenbosch, na Holanda.

Olga Heikkilä será acompanhada por Irene Ainstein. Esta pianista realizou a sua formação na Holanda, sendo premiada em diversas competições. Integrou diversos agrupamentos e tocou com várias orquestras, contando no seu currículo com diversas gravações e com concertos na Holanda, Alemanha, Inglaterra e China, destacando-se a sua apresentação no prestigiado Concertgebouw em Amesterdão. Irene reside actualmente em Portugal onde desenvolve a sua carreira enquanto intérprete e professora no Conservatório Regional do Algarve.

Maria João Neves, correspondente para o Algarve da revista Glosas, é doutorada em Filosofia e pós-doutorada em Estética Musical, contando com diversas publicações em livros e revistas científicas. A prática científica de Maria João Neves será uma mais-valia para este concerto, onde o público poderá ter uma experiência envolvente e repleta de dramatismo.

Sobre o autor

Sofia Vieira Lopes

Doutoranda em Etnomusicologia na FCSH-NOVA com um projecto financiado pela FCT para o estudo do Festival RTP da Canção e do seu papel na produção musical em Portugal. É licenciada em Ciências Musicais e Mestre em Etnomusicologia pela mesma instituição, com uma dissertação dedicada ao programa televisivo Zip-Zip (RTP, 1969). É investigadora do INET-md desde 2008. Leccionou História da Música, Formação Musical e Classes de Conjunto nos Conservatórios de Ourém, Fátima, Sines e Tomar e estudou clarinete na SFGP (Tomar). O seu interesse académico é centrado na relação Música-Televisão, mas interessa-se igualmente pelo universo das Bandas Filarmónicas em Portugal.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.