O Entre Madeiras Trio, fundado por Miriam Tallette Cardoso (flauta transversal), Filipe Pereira Branco (oboé) e João Andrade Nunes (saxofone), prepara agora a gravação do seu primeiro CD, que incluirá as primeiras gravações absolutas de obras especificamente compostas para este agrupamento invulgar pelos compositores Clotilde Rosa, Christopher Bochmann, Eli Camargo Jr., Sérgio Azevedo, Rui Lavos e Edward Ayres d’Abreu. O projecto tem o apoio do MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.

Diferenciando-se dos agrupamentos convencionais de música de câmara, o Entre Madeiras Trio apresenta um trabalho pioneiro nesta área. Apresentou-se ao público pela primeira vez a 11 de Maio de 2009, na Sala do Trono do Palácio Nacional da Ajuda, e conta hoje com uma vasta lista de concertos divulgando sempre a música contemporânea a portuguesa.

Destacam-se o projecto “Ligações Contemporâneas”, realizado no auditório da Casa Fernando Pessoa – recital que foi gravado pela Antena 2 –, concertos integrados na temporada do MPMP, realizados no Palácio Foz, estreias de obras realizadas no Grande Auditório da Escola Superior de Música de Lisboa, na Fundação Cidade de Lisboa e na Biblioteca Nacional de Portugal, entre outros.

Todos os que quiserem pré-comprar o CD ou de alguma forma contribuir para a sua concretização poderão fazê-lo durante a próxima semana na plataforma de financiamento colectivo denominada PPL Crowdfunding. Para mais informações basta visitar http://ppl.com.pt/pt/prj/entre-madeiras-trio .

Sobre o autor

Edward Ayres d'Abreu

Concluiu o Curso Complementar de Piano no Conservatório Nacional. É licenciado em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou sob orientação de Sérgio Azevedo e de António Pinho Vargas. Durante um ano, em programa Erasmus, frequentou o Conservatório Nacional Superior de Paris (CNSMDP), estudando com Gérard Pesson. É Mestre em Ciências Musicais pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e doutorando em Musicologia Histórica enquanto bolseiro da FCT, Fundação para a Ciência e a Tecnologia. É membro fundador e Presidente da Direcção do MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa, tendo sido Director da revista 'Glosas' nos seus primeiros quinze números.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.