Após breve interrupção, a Câmara Municipal de Cascais, a Fundação D. Luís I e o Museu da Música Portuguesa voltam a promover aquele que é um dos mais prestigiados concursos de composição lusos: o Prémio Internacional de Composição Fernando Lopes-Graça.

O prémio destina-se a compositores de qualquer nacionalidade e idade, aceitando, até 20 de Outubro de 2017, obras para piano a quatro mãos. O júri desta edição é constituído pelos compositores António Pinho Vargas, Nuno Côrte-Real e Sérgio Azevedo — que, para além de discípulo de Lopes-Graça, foi um dos dois compositores a ganhar o concurso em anos consecutivos.

O prémio será entregue em sessão solene, a realizar em Dezembro deste ano, seguida de concerto onde será estreada a obra vencedora desta edição do concurso, bem como a da edição anterior.


O regulamento do concurso pode ser consultado na página da Internet do Museu da Música Portuguesa.

Sobre o autor

Luís Salgueiro

Luís Salgueiro é licenciado em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa. Para além da sua actividade criativa, dedica também a sua energia à preparação de partituras e musicografia, primeiro como 'freelancer' e actualmente como coordenador das actividades editoriais do MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.