Frederic Cardoso lança agora o seu primeiro álbum. Expressando o gosto pela música contemporânea e electroacústica do intérprete que deu origem ao projecto, Press the Keys dá destaque à música portuguesa para clarinete e electrónica composta nos últimos quatro anos, apresentando nomes como André Rodrigues, Ângela da Ponte, Filipe Lopes, Igor C. Silva, João Ferreira e João Pedro Coimbra. É ainda de destacar a presença da peça Shovelhead de Steven Snowden, que conta com a sua estreia nacional neste álbum.

 

 

O projecto apresenta-se como uma oportunidade de exploração das potencialidades da música electroacústica, dedicando-se da mesma forma à divulgação das novas criações para clarinete e electrónica. Apesar de ter surgido recentemente, o projecto esteve já presente em vários festivais como Euro Classical Online Festival, Festival MoitaMostra, Festival SET, 13th International Conference of Society for Music Information e Encontros Musicai.

 


 

Frederic Cardoso (1988) estudou clarinete com José Cardoso e Jaime Dias na Academia de Música de Tarouca, Filipe Silva na Escola Profissional de Arte de Mirandela e António Saiote e Nuno Pinto na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Porto, onde se Licenciou e obteve o grau de Mestre em Interpretação Artística. Dedica uma parte significante do seu trabalho à música de câmara e à música contemporânea, sendo membro e co-fundador de vários grupos: Quinteto Scherzo, Quinteto de Sopros Argo Navis, Ar de Rastilho Fanfare Band, Ósculo, Black&White 6tet, 2Low, e Frederic Cardoso Clarinet & Electronics Project. Como clarinetista estreou cerca de quarenta obras, sendo dedicatário de obras de André Rodrigues, Antero Ávila, Filipe Lopes, Igor C. Silva, João Ferreira e João Pedro Coimbra. Colaborou com a Banda Sinfónica Portuguesa, Fundação Orquestra Estúdio, Orquestra Filarmonia das Beiras, Fundação Orquestra Estúdio e Remix Ensemble Casa da Música. Actualmente é Professor de Clarinete, Orquestra de Sopros e Director Pedagógico no Conservatório de Música de Paredes.

Sobre o autor

Avatar photo

Iniciou a Licenciatura em Música (Violoncelo) no Conservatorium van Amsterdam, concluída em 2011 na Universidade do Minho na classe de Pavel Gomziakov. Fez parte da Orquestra FOE – Capital Europeia da Cultura e Orquestra da Universidade do Minho, trabalhando com maestros como Joana Carneiro, Pedro Neves, Emílio de César e Francesco Belli, e acompanhando solistas de renome como Guy Braunstein, Victoria Mullova, Wim Mertens, Natalie Klein e Nelson Freire. Actuou em diversas óperas, tanto em cena como na orquestra, e participou nas gravações de 'Espelho Mágico' de Manoel de Oliveira. Leccionou uma 'masterclass' na Academia de Música de Vila Verde em 2012. Recebeu o prémio 'Jovem Escritor' da VII edição do Concurso Literário Matilde Rosa Araújo na categoria Conto Infantil. É professora de Violoncelo na Escola Profissional e Artística de Espinho (assistente do professor convidado Romain Garioud).