Encontram-se abertas as inscrições para participação nas masterclasses de instrumento e música de câmara da ‘Verão Clássico – Academia Internacional de Música de Câmara’, que irá decorrerer em Lisboa de 27 de Julho a 1 de Agosto.

A Academia Internacional de Música de Lisboa é um projecto artístico e pedagógico dirigido por Filipe Pinto-Ribeiro e dirige-se a estudantes, músicos profissionais e professores que queiram aprofundar as suas competências musicais. Os participantes podem inscrever-se como solistas ou em agrupamento de música de câmara e terão acesso a três aulas orientadas por professores do seu instrumento. Podem também candidatar-se ao Prémio Verão Clássico (nas categorias de instrumento ou de música de câmara), assistir aos concertos do Festival de Música de Câmara e a outras masterclasses. Têm ainda acesso a salas de estudo e à oportunidade de serem seleccionados para tocar no concerto de encerramento, no dia 1 de Agosto. Nas aulas serão trabalhados aspectos técnicos e interpretativos das obras escolhidas pelos participantes. A Academia Internacional de Música está igualmente aberta a ouvintes interessados em assistir às masterclasses e aos concertos do Festival de Música de Câmara.

As masterclasses serão orientadas por músicos de renome internacional: Filipe Pinto-Ribeiro (piano), Pavel Nersessian (piano), Benjamin Schmid (piano), Gérard Caussé (violeta), Gary Hoffman (violoncelo), Abel Pereira (trompa) e Pascal Moraguès (clarinete).

Existem 84 vagas para as masterclasses e as inscrições são aceites pela ordem de chegada, estando prevista a pré-selecção dos candidatos apenas caso o número de inscrições o justifique. A inscrição deve ser formalizada por correio electrónico e incluir ficha de inscrição, curriculum artístico, gravação de 3 a 10 minutos de duas obras distintas, documento de identificação, fotografia tipo passe e comprovativo de pagamento da propina. Aconselha-se a leitura atenta do regulamento, calendário e de outras informações aqui.

Verão Clássico – Academia Internacional de Música de Lisboa irá decorrer no Centro Cultural de Belém e conta com os apoios da Metropolitana, de Buffet Crampon & Cie. Paris, de Gebr. Alexander e de Thomastik Infeld Vienna.

Sobre o autor

Avatar photo

Mariana Calado encontra-se a realizar o Doutoramento em Ciências Musicais Históricas focando o projecto de investigação no estudo de aspectos dos discursos e das sociabilidades que caracterizam a crítica musical da imprensa periódica de Lisboa entre os finais da I República e o estabelecimento do Estado Novo (1919-1945). Terminou o Mestrado em Musicologia na FCSH/NOVA em 2011 com a apresentação da dissertação "Francine Benoît e a cultura musical em Portugal: estudo das críticas e crónicas publicadas entre 1920's e 1950". É membro do SociMus – Grupo de Estudos Avançados em Sociologia da Música, NEGEM – Núcleo de Estudos em Género e Música e do NEMI – Núcleo de Estudos em Música na Imprensa, do CESEM. É bolseira de Doutoramento da FCT.