De 11 a 15 de Julho decorrerá em Santo Tirso o III Festival de Violoncelos de Sta. Cristina, que reúne todos os anos alguns dos mais reconhecidos nomes do violoncelo em Portugal para palestras, concertos e masterclasses durante quatro dias de prática violoncelística de alto nível.

O Festival será iniciado com o Concerto de Abertura pelo Ensemble de Violoncelos de Sta. Cristina, dia 11 de Julho, pelas 21h30, no Auditório Eng.º Eurico de Melo, no qual será apresentada, entre outras obras, Bachianas Brasileiras n.º 1 de Heitor Villa-Lobos. Este Ensemble foi criado em 2013, no âmbito dos encontros de violoncelos de Sta. Cristina, e conta como director musical o violoncelista David Cruz. Formado por estudantes e jovens profissionais, o Ensemble já teve a oportunidade de se apresentar com o violoncelista Lluís Claret e a soprano Marina Pacheco, tendo recebido igualmente a dedicatória do compositor Fernando Lapa na sua obra Três Canções Populares Transmontanas – peça original para ensemble de violoncelos.

No dia 12 de Julho terá lugar no mesmo auditório o concerto “Bach no violoncelo” interpretado por três violoncelistas portugueses cujas carreiras de excelência são bem conhecidas pelo público: Filipe Quaresma, Teresa Valente Pereira e Paulo Gaio Lima.

Durante o festival decorrerão masterclasses para alunos de nível médio e superior, orientados por Maria de Macedo (coordenadora artística), Amit Peled e David Cruz (director musical)

Terão ainda lugar palestras e discussões abertas centradas no violoncelo e na pedagogia, com a participação do Prof. Doutor Pedro Bento, Maria Macedo e David Cruz; bem como uma exposição de lutherie por António Capela e Joaquim Capela que decorrerá no dia 14 de Julho.

No mesmo dia, pelas 21h30, será realizado um concerto pelo solista Amit Peled e pelo ensemble de alunos do curso, encerrando desta forma o Encontro que se veio a tornar numa jóia de performance e pedagogia violoncelística em Portugal.

 

 

Para mais informações contacte violoncelosantacristina@gmail.com .

Sobre o autor

Joana Rocha

Iniciou a Licenciatura em Música (Violoncelo) no Conservatorium van Amsterdam, concluída em 2011 na Universidade do Minho na classe de Pavel Gomziakov. Fez parte da Orquestra FOE – Capital Europeia da Cultura e Orquestra da Universidade do Minho, trabalhando com maestros como Joana Carneiro, Pedro Neves, Emílio de César e Francesco Belli, e acompanhando solistas de renome como Guy Braunstein, Victoria Mullova, Wim Mertens, Natalie Klein e Nelson Freire. Actuou em diversas óperas, tanto em cena como na orquestra, e participou nas gravações de 'Espelho Mágico' de Manoel de Oliveira. Leccionou uma 'masterclass' na Academia de Música de Vila Verde em 2012. Recebeu o prémio 'Jovem Escritor' da VII edição do Concurso Literário Matilde Rosa Araújo na categoria Conto Infantil. É professora de Violoncelo na Escola Profissional e Artística de Espinho (assistente do professor convidado Romain Garioud).

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.