Estão abertas até 15 de Outubro de 2021 as inscrições para o quinto “Prémio de Composição Francisco Martins”, dirigido a compositores portugueses ou residentes em Portugal sem qualquer limitação de idade que queiram apresentar uma ou mais obras para orquestra clássica. O concurso é promovido pela associação Orquestra Clássica do Centro (OCC), incluindo-se na celebração do seu vigésimo aniversário (2001-2021), com o apoio do grupo Ascendum, da RTP – Antena 2, da AVA Musical Editions, da Direcção-geral das Artes e do Município de Coimbra.

Este prémio, com o valor monetário de 1000 euros, permitirá a edição da obra premiada (e de eventuais Menções Honrosas) e a sua inclusão na programação regular da OCC, desde logo num concerto de laureados em data a definir.

As edições anteriores consagraram as obras de Luís Carvalho (2017), Nuno Peixoto de Pinho (2018) e Lucas Xerxes (2019), compositores com uma carreira importante no panorama da nova criação contemporânea portuguesa, não tendo sido atribuído o prémio na quarta edição (2020). O júri deste ano é composto pelos compositores Sérgio Azevedo, Luís Tinoco e Dmitris Andrikopoulos.

Sobre o autor

Duarte Pereira Martins

Licenciado em piano pela Escola Superior de Música de Lisboa, concluiu o curso de piano do Conservatório Nacional com a classificação máxima. Premiado em diversos concursos de piano, apresenta-se regularmente em concerto por todo o país e estrangeiro, em diversas formações, com especial destaque para a divulgação do património musical português. Gravou para a Antena 2 e para a TV Brasil. É o director artístico de duas integrais das sonatas de Carlos Seixas e João Domingos Bomtempo. Frequenta, paralelamente, o curso de Engenharia Física Tecnológica no Instituto Superior Técnico. É membro fundador e Vice-Presidente da Direcção do MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.