Aguarda-se com grande expectativa a estreia, amanhã, dia 23 de Outubro, pelas 17h, do Capdeville Ensemble, um novo agrupamento que envolve músicos, poetas, actores e bailarinos portugueses com interesse na linguagem musical contemporânea, numa clara homenagem a Constança Capdeville (1937-1992). O grupo estará sediado em Oeiras, cidade onde a compositora viveu após o seu estabelecimento permanente em Portugal.

 

 

O concerto, com direcção musical de José Eduardo Gomes, acontecerá no Auditório Vianna da Motta da Escola Superior de Música de Lisboa e será composto por obras de Constança Capdeville e de alguns dos seus alunos: António de Sousa Dias, Carlos Caires e Sérgio Azevedo. O alinhamento incluirá também a música de Ana Seara, compositora que assume a direcção artística deste novo projecto que, nas suas palavras, “pretende construir um caminho ímpar, inovador e diversificado nas propostas artísticas multidisciplinares que apresenta”.

 

Capdeville Ensemble

Filipa Lima e Tiago Canto, flautas
Tiago Menino, clarinete
João Balegas, oboé
Ricardo Ramos, fagote
Paulo Amendoeira, percussão
Paula Carneiro, violino
Francisca Fins, violeta
Fernando Costa, violoncelo
Salomé Pais Matos, harpa
José Eduardo Gomes, direcção musical

Sobre o autor

Duarte Pereira Martins

Licenciado em piano pela Escola Superior de Música de Lisboa, concluiu o curso de piano do Conservatório Nacional com a classificação máxima. Premiado em diversos concursos de piano, apresenta-se regularmente em concerto por todo o país e estrangeiro, em diversas formações, com especial destaque para a divulgação do património musical português. Gravou para a Antena 2 e para a TV Brasil. É o director artístico de duas integrais das sonatas de Carlos Seixas e João Domingos Bomtempo. Frequenta, paralelamente, o curso de Engenharia Física Tecnológica no Instituto Superior Técnico. É membro fundador e Vice-Presidente da Direcção do MPMP, Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.