O organista italiano Giampaolo di Rosa, renomado intérprete e organista titular da Igreja de Santo António dos Portugueses, em Roma, e da Catedral de Vila Real, está em Portugal para dois concertos em torno da obra de Manuel Faria. Estes concertos são também um motivo para celebração do lançamento da colecção de partituras “Sacra XX-XXI”, editada pelo MPMP.

Os concertos decorrerão amanhã, terça-feira, 14 de Fevereiro, pelas 18h, na Biblioteca Municipal de Coimbra e no dia seguinte, quarta-feira, 15 de Fevereiro, às 21h, na Sé Catedral de Aveiro. O primeiro concerto, em Coimbra, será ainda complementado por conversas à volta do “Tríptico litúrgico” de Manuel Faria, um dos compositores visados pela linha editorial que se apresenta.

Esta é uma iniciativa da Associação Cultural Manuel Faria e da AMPO, Associação Musical Pro-Organo, com o apoio da Câmara Municipal, da Escola Superior de Educação e da Universidade de Coimbra.

Sobre o autor

Avatar photo

Licenciado em piano pela Escola Superior de Música de Lisboa, na classe de Jorge Moyano, concluiu o Conservatório Nacional com a classificação máxima, tendo aí estudado com Hélder Entrudo e Carla Seixas. Premiado em diversos concursos, apresenta-se em concerto em variadas formações. Estreia regularmente obras de compositores contemporâneos. Gravou para a RTP/Antena 2, TV Brasil e MPMP: editou, em 2020, o CD “La fièvre du temps” em duo com Philippe Marques. É membro fundador do MPMP Património Musical Vivo, dirigindo temporadas e coordenando inúmeras gravações. Termina, actualmente, o mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura do ISCTE. Foi director executivo da GLOSAS entre 2017 e 2020.