Hoje, dia 3 de Novembro, véspera do dia em que completaria 83 anos, tem lugar um concerto encenado de homenagem a Olga Prats, vulto incontornável no panorama recente da música portuguesa. Este espectáculo acontecerá pelas 21h, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, com o intuito de celebrar o legado e a vida da pianista, recentemente falecida em Julho último, na Parede.

 

 

Este evento conta com a concepção, direcção artística e encenação de Bernardo Mariano, que juntou um conjunto de intérpretes com uma ligação bastante próxima a Olga Prats, tendo escolhido precisamente algumas obras com uma ligação afectiva evidente. Haverá intervenções de Artur Pizarro, António Victorino d’Almeida, Jorge Palma, Irene Lima, Luís Madureira, Diana Botelho Vieira, Sérgio Azevedo, Pedro Ribeiro, Alejandro Erlich-Oliva, Maria do Céu Guerra, Sara Vaz e dos músicos do Quarteto Lopes-Graça, no que se prevê um alinhamento amplamente pluridisciplinar.

A receita de bilheteira deste concerto, que será registado para posterior apresentação na plataforma RTP Palco, reverterá para a instituição do Prémio Olga Prats no Prémio Jovens Músicos da RTP/Antena 2, que será destinado a distinguir a excelência na música de câmara, área tão cara à pianista. Os bilhetes poderão ainda ser adquiridos aqui.

Sobre o autor

Avatar photo

Licenciado em piano pela Escola Superior de Música de Lisboa, na classe de Jorge Moyano, concluiu o Conservatório Nacional com a classificação máxima, tendo aí estudado com Hélder Entrudo e Carla Seixas. Premiado em diversos concursos, apresenta-se em concerto em variadas formações. Estreia regularmente obras de compositores contemporâneos. Gravou para a RTP/Antena 2, TV Brasil e MPMP: editou, em 2020, o CD “La fièvre du temps” em duo com Philippe Marques. É membro fundador do MPMP Património Musical Vivo, dirigindo temporadas e coordenando inúmeras gravações. Termina, actualmente, o mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura do ISCTE. Foi director executivo da GLOSAS entre 2017 e 2020.