Desde há alguns meses tem sido possível ouvir, no último Domingo de cada mês, o novo podcast Glosando pela música da lusofonia, um programa da revista Glosas com transmissão em directo na rádio-café Lusophonica, no Farol de Santa Marta, em Cascais.

A glosas.mpmp.pt relembra agora a segunda sessão, transmitida a 30 de Agosto, com o compositor convidado Luís Salgueiro, que nos apresentou música contemporânea escrita e improvisada, com obras de João Barradas, João Castro Pinto, Dead Combo, Gabriel Ferrandini e Andreia Pinto Correia, entre outros (ver alinhamento completo abaixo).

A edição encontra-se agora disponível no canal Vimeo da Lusophonica. Se não teve oportunidade de ouvir, poderá fazê-lo através deste link.

 


Luís Salgueiro é compositor de música instrumental, electrónica e mista, licenciado em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou sob a orientação dos professores António Pinho Vargas, Carlos Marecos e Luís Tinoco. Foi compositor residente do Ensemble Juvenil de Setúbal, na sua temporada inicial. Para além do seu trabalho criativo, dedica-se também à edição e à musicografia, com especial atenção à música contemporânea, tendo já contribuído para o catálogo de algumas das mais importantes editoras europeias. Coordena os esforços editoriais do MPMP no que a partituras concerne, e serviu como director de conteúdos da revista Glosas.


 

Alinhamento

 

João Barradas (1992-), Solo I (do álbum Live at CCB)
João Barradas, acordeão

João Castro Pinto (1977-), Sonotope V; Sonotope IV
(do álbum SUNTRIA – imaginal sonotopes)

Alexandre Rey Colaço (1854-1928), Fado n.º 8; Fado n.º 9

Dead Combo, Faduncho (do álbum Odeon Hotel)

Cândido Lima (1939-), Gestos-Circus-Círculos (do álbum Oceânides)
Sond’Ar-te Electric Ensemble
Ensemble Aleph
Pedro Amaral, direcção

Dead Combo, Esse olhar que era só teu (do álbum Lisboa Mulata)

Gabriel Ferrandini (1986-), Rua da Academia das Ciências;
Travessa dos Fiéis de DeusRua da Barroca (do álbum Volúpias)
Hernani Faustino, contrabaixo
Pedro Sousa, saxofone tenor

Andreia Pinto Correia (1971-), String Quartet n.º 1: Unvanquished Space
Jack Quartet

Duarte Lobo (ca. 1565-1646), Agnus Dei (da obra Missa Dum aurora)
Graindelavoix
Björn Schmelzer, direcção

Sobre o autor

Avatar photo

Natural de Viana do Castelo, completou o Curso de Instrumentista de Cordas e Tecla na Escola Profissional Artística do Alto Minho. Prosseguiu os seus estudos em Ciências Musicais na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, na Universidade Nova de Lisboa. Encontra-se, actualmente, a concluir o Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação no ISCTE-IUL, Lisboa.