A penútima sessão do VI Ciclo Poesia no Museu terá lugar já no próximo dia 30 de Maio, quarta-feira, pelas 19h00, no Museu Nacional da Música. O tema da conferência, proferida pela Prof.ª Doutora Maria Sequeira Mendes, será a obra poética de Harryette Mullen (n. 1953), poetisa e contista norte-americana contemporânea, ainda não traduzida nem publicada em Portugal.

Maria Sequeira Mendes é Professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, centrando a sua investigação na área da Teoria da Literatura, Crítica Literária, Direito e Literatura, Shakespeare e Teatro. Licenciou-se na Universidade Católica de Lisboa (2000) e doutorou-se na Universidade de Lisboa, em 2012, com uma tese sobre Shakespeare, ordálias medievais e modos de tortura (The Ordeals of Interpretation). É investigadora na Universidade Católica Portuguesa (CECC) e membro correspondente do Centre for Mediaeval and Early Modern Law and Literature (University of St Andrews). Ensinou ainda na Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa. Foi Beaufort Visiting Scholar em St John’s College, na Universidade de Cambridge (2016).

O VI Ciclo Poesia no Museu, sempre às quartas-feiras no Museu Nacional da Música, é comissariado por Helena Miranda e Tomás N. Castro, e já contou com as conferências de Jorge Vaz de Carvalho (Jorge de Sena), Frei Bento Domingues (O Mito de Babel), Gustavo Rubim (Hilda Hirst), Alva Martínez Teixeiro (Carlos Drummond de Andrade), João Figueiredo (Camões), José Carlos Araújo (As Sátiras de Juvenal), e António Feijó (Fernando Pessoa). A próxima e última sessão decorrerá a 27 de Junho, da responsabilidade de Miguel Tamen (Letras), Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, de que é actualmente director.

Saiba mais sobre a obra de Harryette Mullen aqui.

Sobre o autor

Avatar photo

Licenciado em piano pela Escola Superior de Música de Lisboa, na classe de Jorge Moyano, concluiu o Conservatório Nacional com a classificação máxima, tendo aí estudado com Hélder Entrudo e Carla Seixas. Premiado em diversos concursos, apresenta-se em concerto em variadas formações. Estreia regularmente obras de compositores contemporâneos. Gravou para a RTP/Antena 2, TV Brasil e MPMP: editou, em 2020, o CD “La fièvre du temps” em duo com Philippe Marques. É membro fundador do MPMP Património Musical Vivo, dirigindo temporadas e coordenando inúmeras gravações. Termina, actualmente, o mestrado em Empreendedorismo e Estudos da Cultura do ISCTE. Foi director executivo da GLOSAS entre 2017 e 2020.