Até ao dia 7 de Dezembro do presente ano será possível o envio de candidaturas para o Prémio de Composição Bernardo Sassetti, em parceria com a Casa Bernardo Sassetti no âmbito do projecto “Portugal em Jazz”, apoiada pela Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-geral das Artes. O concurso tem como objectivos a homenagem a Bernardo Sassetti, falecido a 10 de Maio de 2012, o incentivo ao desenvolvimento de competências na área do jazz, bem como a divulgação do trabalho de novos compositores portugueses.

A iniciativa destina-se a compositores portugueses, ou residentes em Portugal há pelo menos cinco anos, nascidos a partir de dia 1 de Janeiro de 1986. Os candidatos deverão enviar duas a quatro obras originais, com uma duração entre quatro e doze minutos. As obras, obrigatoriamente inéditas (excluindo-se do concurso obras que já tenham sido divulgadas, encomendadas, ou galardoadas noutros concursos), deverão compreender secções para improvisação, ser apresentadas em partitura (preferencialmente em edição de programa informático como Finale ou Sibelius), e ser escritas para uma formação composta por uma bateria, um saxofone, um trompete, um contrabaixo, um piano, uma guitarra, e um trombone ou voz.

O júri será constituído por Carlos Azevedo, Carlos Martins e Mário Laginha, e não serão atribuídos prémios ex-aequo. Os nomes das obras finalistas e dos seus compositores serão divulgados a partir do dia seguinte à conclusão do prazo de candidaturas, 8 de Dezembro, na plataforma “Portugal em Jazz” e noutros meios de comunicação social. O vencedor do Prémio participará numa residência artística onde as suas composições serão trabalhadas com o agrupamento escolhido para o projecto Portugal em Jazz, e deverá também acompanhar as gravações das suas obras, actividades que decorrerão em Janeiro do próximo ano.

As obras vencedoras serão apresentadas em estreia absoluta na Festa do Jazz 2016, evento a decorrer entre 18 e 20 de Março, no São Luiz Teatro Municipal de Lisboa.

Para mais informações e para submissão de candidaturas, clique aqui.

 

Sobre o autor

Avatar photo

Isabel Pina é doutoranda e bolseira de doutoramento em Ciências Musicais Históricas na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, interessando-se principalmente pelo estudo da história da música em Portugal nos séculos XIX e XX, música e ideologia, nacionalismo, análise e semiótica musical, e imprensa e crítica musical. Concluiu o mestrado em Ciências Musicais tendo apresentado a dissertação “Neoclassicismo, nacionalismo e latinidade em Luís de Freitas Branco, entre as décadas de 1910 e 1930”. É actualmente voluntária na Biblioteca Nacional de Portugal, tendo estagiado no Museu da Música. Enquanto colaboradora do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (CESEM), é membro do Grupo de Teoria Crítica e Comunicação, do SociMus (Grupo de Estudos Avançados em Sociologia da Música), e co-fundadora do Núcleo de Estudos em Música da Imprensa.