Comemora-se hoje, dia 11 de Maio, o dia da Escola de Artes da Universidade de Évora, com várias actividades ao logo desta segunda-feira. O programa de comemorações inicia-se no Colégio dos Leões com a sessão de abertura, que contará com a presença da Reitora da Universidade de Évora, Presidente da Câmara Municipal de Évora, Directora Regional da Cultura do Alentejo, Presidente da Entidade de Turismo do Alentejo, Director da Escola de Artes e Presidente da Associação Académica da UÉvora. Segue-se a inauguração da exposição de Arquitectura (no Atelier) com a actuação do Quarteto de Saxofones do Departamento de Música. Pelas 12h00 ocorrerá a exposição e projecção de vídeos no átrio do Colégio pelos alunos dos cursos de Arquitectura, Artes Visuais, Design e Teatro, sendo inaugurada a nova Galeria de Arte dos Alunos da Escola de Artes pelas 12h30. Entre as 14h30 e as 16h30 irão apresentar-se no átrio os alunos da classe de música de câmara dos professores Mauro Dilema e Hugo Assunção, o Quarteto de Trombones, Quarteto de Clarinetes e Trio de Flautas, seguindo-se a inauguração da exposição de Design e Artes Visuais e ainda uma exposição/workshop de Arquitectura, terminando com um workshop de jogo teatral por parte dos alunos do Curso de Teatro, coordenado pela Professora Isabel Bezelga.

Pelas 17h00 ocorrerá na Biblioteca do Colégio dos Leões a assinatura de protocolos de colaboração entre a Escola de Artes e a Direcção Regional da Cultura do Alentejo e Entidade de Turismo do Alentejo seguindo-se, pelas 17h30, uma sessão de homenagem ao Professor Doutor Jorge Araújo. As actividades no Colégio dos Leões terminam pelas 21h30 com a apresentação da peça D. João de Molière, com direcção e adaptação de Ana Tamen, pelos alunos do segundo ano do Curso de Teatro, com a colaboração de alunos do Departamento de Música.

O concerto de encerramento ocorrerá no auditório do Colégio Mateus d’Aranda, com a actuação do Coro do Departamento de Música, dirigido por Yan Mikirtoumov, e da Orquestra da Universidade de Évora, dirigida por Christopher Bochmann. Actuará ainda a Orquestra de Sopros da Universidade de Évora, dirigida por Hugo Assunção.

A Escola de Artes da Universidade de Évora foi constituída como uma unidade de investigação e ensino em 2010, com a publicação dos seus estatutos no Diário da República, 2.ª série, n.º 18, de 27 de Janeiro de 2010. Actualmente esta Escola engloba os cursos de âmbito artístico nas áreas da Arquitectura, Artes Cénicas, Artes Visuais e Música.

Sobre o autor

Natural dos Açores, é doutorando em Musicologia na Universidade de Évora, Mestre em Ciências Musicais pela FCSH-NOVA e Licenciado em Musicologia pela Universidade de Évora. É colaborador no Pólo de Évora do CESEM e no MPMP (edições mpmp e revista glosas) e consultor do atelier de conservação e restauro Acroarte. Entre 2011 e 2012 realizou o catálogo do fundo musical do Arquivo Capitular da Sé de Angra e, entre 2014 e 2015, foi bolseiro no projecto “Orfeus”, integrando actualmente o projecto "Música Sacra em Évora no Século XVIII". Em 2012 fundou o Ensemble da Sé de Angra, em 2013 o Ensemble Eborensis com quem gravou um CD. O seu trabalho centra-se na polifonia vocal portuguesa dos séculos XVI e XVII (Sé de Évora) e a música no arquipélago dos Açores desde o povoamento até ao final do século XIX.

Deixe um comentário

O seu endereço de correio electrónico não será publicado.